Os seus dados foram enviados. Entraremos em contacto em breve.
Quer aceder ao estudo na íntegra e saber em que posição se encontra a sua empresa no ranking das empresas mais atrativas de Portugal?
ENCOMENDAR EDIÇÃO 2016
EDIÇÃO 2016 JÁ DISPONÍVEL
Numa altura em que a Guerra ao Talento é decisiva e determina o êxito das empresas, este estudo lança uma fascinante análise que vai ajudar a sua organização a compreender os jovens e a atrair mais e melhor talento.
Este estudo de 140 páginas inclui uma análise interpretativa de:
Como pensam e o que procuram os jovens talentos portugueses;
Quais são os seus objetivos de carreira;
Critérios que utilizam para escolher empresas;
Expectativas salariais;
Canais de comunicação mais eficazes para contactar com jovens.
TOP 100 das Empresas Mais Atrativas para alunos de Gestão;
TOP 100 das Empresas Mais Atrativas para alunos de Tecnologia;
Rankings, por Faculdade, das diversas dimensões analisadas no estudo.
A nossa empresa gostava de comunicar melhor com recém-diplomados e universitários.
Queremos estar mais perto dos jovens e conhecer os seus drivers, expectativas e ambições.
Queremos tornar a nossa marca mais atrativa para os Young Talents.
A Spark pode ajudar-nos?
Connecting the dots with Young Talent
As Empresas Mais Atrativas de Portugal é a mais compreensiva e abrangente investigação feita em Portugal sobre o que que torna as empresas atrativas e sobre como pensam, falam e o que querem os jovens talentos portugueses.

Ao longo de 6 meses, mais de 3.000 universitários, de cursos de Economia, Gestão, Engenharia e Tecnologia, responderam ao questionário feito pela Spark Agency em colaboração com a Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, e deixaram bem claras quais as empresas que mais os atraem e quais as suas principais expectativas de carreira, a curto e longo prazos.
Desta investigação resulta uma fascinante radiografia
do Employer Branding em Portugal
AS 100 EMPRESAS MAIS ATRATIVAS DE PORTUGAL
TOP 100 EMPRESAS PARA ALUNOS DE GESTÃO
TOP 100 EMPRESAS PARA ALUNOS DE TECNOLOGIA
Principais critérios para escolher Empresas
Os mais eficazes Canais de Comunicação entre alunos e empresas
Principais objetivos de Carreira
As Empresas com Employer Branding mais forte por Área
Como pensam os Young Talent
O que aprendemos sobre como os jovens pensam, imaginam e antecipam as suas carreiras?
A investigação centrou-se na análise da relação de jovens com empresas e teve como motivação contribuir para a determinação das componentes de atratividade de um empregador.
Para além de compreender quais as empresas mais atrativas para os alunos de Gestão e as mais atrativas para alunos de Tecnologia, analisou quais os objetivos de carreira, os critérios relevantes para escolher uma empresa, expectativas salariais e quais os canais de comunicação mais relevantes para estarem em comunicação com as empresas e o que os universitários procuram saber a nível de informação sobre as empresas.
Identificamos os 10 principais Critérios para escolher empresas e Objetivos de carreira, sendo que os 3 primeiros, por ordem de prioridade são:
Critérios para
escolher empresas
1
Ganhar experiência que reforce a minha carreira.
2
Trabalhar num local caracterizado pela honestidade, justiça e respeito pessoal.
3
Trabalhar num local onde reconheçam o mérito e o desempenho dos seus colaboradores.
Para trás, com menos relevância relativamente aos analisados, ficaram critérios como ter segurança e estabilidade de emprego, trabalhar numa empresa lucrativa e com robustez financeira e ter oportunidade de aplicar no trabalho aquilo que aprendi na Universidade.
Objetivos de carreira
1
Ter equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal.
2
Trabalhar num local competitivo no qual me sinta desafiado intelectualmente.
3
Estar seguro e estável no meu emprego.
Foram também identificadas escolhas como ser um líder ou gestor de pessoas, ter uma carreira internacional, receber um salário elevado e estar dedicado a uma causa ou sentir que sirvo uma grande causa.
População
O estudo foi feito com um universo de 3.160 alunos provenientes dos 1º, 2º e 3º ciclos, de cursos de Economia e Gestão, Engenharias e Tecnologia de algumas das melhores universidades portuguesas.
Metodologia
O rigor da investigação ficou ao cuidado dos elevados padrões de qualidade da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho.
• O inquérito foi conduzido online, entre Novembro de 2015 e Maio de 2016;

• O ranking das Empresas + Atrativas de Portugal foi obtido com base na enumeração, por parte dos estudantes, das empresas em que considerariam ideal trabalhar (trata‑se de uma pergunta de resposta aberta);

• Foram validados 3.160 inquéritos de estudantes das seguintes Universidades: Católica Lisbon School of Business & Economics da Universidade Católica Portuguesa (CATÓLICA‑LISBON); Escola de Economia e Gestão (EEG) e Escola de Engenharia (EE) da Universidade do Minho (UMinho); Escola de Tecnologias e Arquitetura (ISTA) e ISCTE Business School (IBS) do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE‑IUL); Faculdade de Ciências e Tecnologia (Nova FCT) e Nova School of Business & Economics (Nova SBE) da Universidade Nova de Lisboa (UNL); Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC) e Faculdade de Economia (FEUC) da Universidade de Coimbra (UC); Faculdade de Economia (FEP) e Faculdade de Engenharia (FEUP) da Universidade do Porto (UP); Instituto Superior de Economia Gestão (ISEG), e Instituto Superior Técnico (Técnico) da Universidade de Lisboa (ULisboa); Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) do Instituto Politécnico do Porto (IPP); e Universidade de Aveiro (UA).

• Das respostas validadas, 1.584 dizem respeito a alunos da área de Gestão, considerando as seguintes licenciaturas, mestrados e mestrados integrados: Administração de Empresas; Administração e Gestão de Empresas; Administração e Gestão Pública; Administração Pública; Administração Pública e Empresarial; Applied Business Analytics; Auditoria; Branding & Gestão de Marca; Business Administration; Business Economics; Ciência Política; Ciência Política e Relações Internacionais; Ciências Empresariais; Ciências Socioeconómicas; Comunicação Empresarial; Contabilidade; Contabilidade e Administração Pública; Contabilidade e Controlo de Gestão; Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais; Controlo de Gestão; Controlo de Qualidade; Decisão Económica e Empresarial; Econometria; Econometria Aplicada e Previsão; Economia; Economia da Empresa e da Concorrência; Economia e Administração de Empresas; Economia e Gestão da Inovação; Economia e Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação; Economia e Gestão de Recursos Humanos; Economia e Gestão do Ambiente; Economia e Gestão Internacional; Economia e Políticas Públicas; Economia Industrial e da Empresa; Economia Internacional e Estudos Europeus; Economia Monetária e Financeira; Economia Monetária, Bancária e Financeira; Economia Social; Economics; Estatística Aplicada; Estudos de Gestão; Finanças; Finanças e Contabilidade; Finanças e Fiscalidade; Finance; Gestão; Gestão Comercial; Gestão da Distribuição e Logística; Gestão das Organizações; Gestão de Atividades Turisticas; Gestão de Empresas; Gestão de Informação; Gestão de Marketing; Gestão de Projetos de Engenharia; Gestão de Recursos Humanos; Gestão de Recursos Humanos e Consultoria Organizacional; Gestão de RH e Consultoria Organizacional; Gestão de Serviços; Gestão de Serviços de Saúde; Gestão de Serviços e da Tecnologia; Gestão de Sistemas de Informação; Gestão de Unidades de Saúde; Gestão Desportiva; Gestão e Administração; Gestão e Administração de Empresas; Gestão e Administração Pública; Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos; Gestão e Direito; Gestão e Engenharia Industrial; Gestão e Estratégia Industrial; Gestão e Negócios; Gestão Industrial e Logística; International Business; International Business and Economics; International Management; Management; Marketing; Marketing Digital; Marketing e Estratégia; Marketing e Publicidade; Marketing Management; Marketing Research e CRM; Matemática; Matemática Aplicada; Matemática Aplicada à Economia e à Gestão; Economia Monetária Bancária e Financeira; Psicologia; Métodos Quantitativos em Finanças; Negócios Internacionais; Políticas de Desenvolvimento dos Recursos Humanos; Psicologia das Organizações, Social e do Trabalho; Psicologia do Trabalho e das Organizações; Psicologia do Trabalho, Organizações e Recursos Humanos; Psicologia Organizacional; Psicologia Social e das Organizações; Relações Empresariais; Relações Internacionais; Strategic Marketing.

• Das respostas validadas, 1.576 dizem respeito a alunos da área de Engenharia e Tecnologia, considerando as seguintes licenciaturas, mestrados e mestrados integrados: Arquitetura; Bioengenharia; Bioengenharia e Nanossistemas; Bioinformática; Biotecnologia; Biotecnologia Alimentar; Biotecnologia Farmacêutica; Biotecnologia Molecular; Ciência da Informação; Ciências Biomédicas; Ciências da Computação; Energias Renováveis e Eficiência Energética; Energias Sustentáveis; Eng. Aeroespacial; Eng. Alimentar; Eng. do Ambiente; Eng. Biológica; Eng. Biomédica; Eng. Civil; Eng. da Energia e do Ambiente; Eng. de Automação Industrial; Eng. de Computadores e Telemática; Eng. de Comunicações; Eng. de Energias Renováveis e Ambiente; Eng. de Instrumentação e Metrologia; Eng. de Materiais; Eng. de Micro e Nanotecnologias; Eng. de Minas e Geoambiente; Eng. de Polímeros; Eng. de Produção industrial; Eng. de Redes e Sistemas Informáticos; Eng. de Segurança e Higiene Ocupacionais; Eng. de Serviços e Gestão; Eng. de Sistemas; Eng. de Sistemas de Energias Renováveis; Eng. de Telecomunicações; Eng. de Telecomunicações e Informática; Eng. e Gestão da Qualidade; Eng. e Gestão de Energia; Eng. e Gestão de Sistemas de Informação; Eng. e Gestão Industrial; Eng. Eletrotécnica e de Computadores; Eng. Eletrónica; Eng. Eletrónica e Computadores; Eng. Eletrónica e Redes de Computadores; Eng. Eletrónica e Telecomunicações; Eng. Eletrónica Industrial e Computadores; Eng. Eletrotécnica; Eng. Farmacêutica; Eng. Física; Eng. Física Tecnológica; Eng. Geológica; Eng. Geológica e de Minas; Eng. Gestão da Qualidade; Eng. Industrial; Eng. Industrial e Gestão; Eng. Informática; Eng. Informática e de Computadores; Eng. Informática e Multimédia; Eng. Mecânica; Eng. Mecânica Automóvel; Eng. Mecatrónica; Eng. Química; Eng. Química e Biológica; Eng. Química e Bioquímica; Eng. Telecomunicações e Informática; Eng. de Computação e Instrumentação Médica; Eng. de Petróleos; Eng. de Software; Eng. e Arquitetura Naval; Eng. Eletrotécnica - Sistemas Elétricos de Energia; Eng. Geotécnica e Geoambiente; Informática; Informática Aplicada à Sociedade do Conhecimento e da Informação; Informática e Gestão; Informática Médica; Matemática Aplicada e Computação; Matemática e Aplicações; Engenharia e Gestão da Energia; Engenharia Informática; Micro e Nanotecnologias; Energy Engineering and Management; Nanociências e Nanotecnologia; Sistemas de Informação; Tecnologia Biomédica; Tecnologia e Segurança Alimentar; Tecnologia e Sistemas de Informação; Tecnologias da Informação; Tecnologias de Informação e Comunicação; Tecnologias e Sistemas de Informação; Telecomunicações e Informática.

• Na elaboração do ranking foi usado um ponderador construído com base no número de respostas efetivas por cada área de estudo e universidade, tendo em conta a distribuição efetiva do número de estudantes por área de estudo e universidade.